– A QUEM PERTENCE A OBRA?


“Não me prendo a nada que me defina” – NÃO É DE CLARICE LISPECTOR

09/11/2017 20:09h

Não me prendo a nada que me defina, Sou companhia, mas posso ser solidão, tranquilidade e inconstância, pedra e coração. Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor, sarcasmo, preguiça e sono. Música alta e silêncio. Serei o que você quiser, mas só quando eu quiser. Não me limito, não sou cruel comigo! Serei sempre apego pelo […]



FAGNER E O CASO CECÍLIA MEIRELES

07/11/2016 14:51h

            Como sabemos, a história toda começou em 1973, com Raimundo Fagner gravando no elepê de estréia para a Philips a música Canteiros, até então creditada como sendo de sua autoria. Com poucas unidades vendidas, o disco de início não logrou nenhum sucesso comercial e foi tirado das prateleiras pouco tempo depois […]



“O planeta não precisa de mais pessoas bem-sucedidas.” — NÃO É DO DALAI LAMA

01/02/2016 07:47h

“O planeta não precisa de mais pessoas bem-sucedidas. O planeta precisa desesperadamente de mais pacificadores, curadores, restauradores, contadores de histórias e amantes de todos os tipos.” Autor: David W. Orr In Earth in Mind: On Educacation, Environment, and the Human Prospect, 2004



“Sinto lonjuras, doutor. Sofro de distâncias.” — NÃO É DE CAIO FERNANDO ABREU

15/05/2014 08:02h

NÃO É DE CAIO FERNANDO ABREU E o médico perguntou: o que sentes? Sinto lonjuras, doutor. Sofro de distâncias. Denison Mendes In Bonsais Atômicos, 2010 Fonte: Editora Multifoco Retirado DAQUI



“Deus usa a solidão…” — NÃO É DE FERNANDO PESSOA

27/08/2013 08:10h

Se já não bastasse e-mails, pps, blogs, e tantas outras formas de divulgação, os apócrifos  agora chegam ao Facebook, a maior vitrine para se divulgar qualquer coisa. “Deus costuma usar a solidão para nos ensinar sobre a convivência. Às vezes, usa a raiva, para que possamos compreender o infinito valor da paz. Outras vezes usa […]



“Ser chique” — NÃO É DE GLÓRIA KALIL

21/03/2013 08:38h

Circula na internet mais ou menos assim (com algumas variações): chique mesmo é ser discreto, não fazer perguntas ou insinuações inoportunas, nem procurar saber o que não é da sua conta. No blog da Revista Weekend a correção feita pela própria autora: (créditos no final do post) SER CHIQUE. UMA QUESTÃO DE ATITUDE Gilka Maria […]



“Queria um abraço hoje” — NÃO É DE VINÍCIUS DE MORAES

28/02/2013 08:50h

Ainda circula pela internet como sendo de Vinicius de Moraes ou como autor desconhecido. Informação recebida por e-mail do próprio autor: “Aqui os dados sobre a autoria do poema “Dá um Abraço?” e não “Queria um abraço hoje”: Autoria: Francisco Macedo Junior (TrovadorPR) Criado em 1999 Publicado na web em 1999 – endereço: www.trovadorpr.com/abraco.htm Obrigado. […]



“Se não houver frutos valeu a beleza das flores” — NÃO É DE HENFIL

28/01/2013 05:14h

“Se não houver frutos Valeu a beleza das flores Se não houver flores Valeu a sombra das folhas Se não houver folhas Valeu a intenção da semente” © Maurício Francisco Ceolin



“Morre lentamente” — NÃO É DE PABLO NERUDA

15/10/2012 11:37h

Poema atribuído a Neruda é, na verdade, da brasileira Martha Medeiros. O título correto é: “A MORTE DEVAGAR” LEIA MAIS Notícias relacionadas: ► Falso poema atribuído a Neruda é da brasileira Martha Medeiros  



“Canção do Sonho Acabado” — NÃO É DE CECÍLIA MEIRELES

07/04/2012 09:19h

Circula pela net – em alguns blogs e sites – creditada à Cecília Meireles. Eis o que diz a autora em seu blog: http://cancaodosonhoacabado.blogspot.com.br/ “ESCLARECIMENTO Acabei de lançar este livro: “CANÇÃO DO SONHO ACABADO e outros poemas” Este livro tem uma história… Compus em 1994 um poema chamado “Canção do Sonho Acabado”e recentemente postei na […]



Comentários

Não há comentários postados até o momento. Seja o primeiro!

Postar um novo comentário