TRIBUTO SERTANEJO

(HOMENAGEM A ARIANO VILLAR SUASSUNA)

Ao menino do sertão
Cantam as Harpas de Sião
Que deixou o tal direito
Pra nas letras dá um jeito

Diferente e muito ousado
Nas palavras “abusado”
Vai com todo seu talento
Construindo seu momento

De triunfos e de versos
Pensamentos em protestos
Mudou dor em alegria
O sertão em poesia

Esse menino cresceu
E pro mundo apareceu
Esse homem tão falante
Transformou-se em gigante

Com um legado sem igual
De riqueza cultural
Ao Brasil todo encantou
Sua obra então mostrou

Seu talento e seu valor
Pois trabalha por amor
Ao seu povo e etnia
Com esforço noite e dia

Traduzindo a beleza
Do nordeste a pureza
Do seu povo lutador
Que é forte e tem vigor

Para ti nobre guerreiro
Nordestino verdadeiro
Meu tributo sertanejo
Nestes versos que manejo

© ANGEL

Número de visualizações em 2017: 314
Número de curtidas: 44
 
Compartilhar via Facebook Compartilhar via Twitter Compartilhar via Google+

Comentários

Não há comentários postados até o momento. Seja o primeiro!

Postar um novo comentário