A DESPEDIDA

Foram mais de 20 anos da terna presença do site A VOZ DA POESIA na Web, projeto sem fins lucrativos - portanto, sem publicidade e não remunerado - que com muito esforço vinha sendo mantido por um pequeno grupo de amigos. Começamos de forma despretensiosa, mas o site rapidamente foi guindado à fonte de pesquisa de muitos, graças ao seu conteúdo educativo, alcançando grande visibilidade dentre os buscadores, a exemplo do Google, e também por causa do seu notável pioneirismo. Mesmo lutando contra muitas dificuldades, sempre tentamos aprimorá-lo na medida das nossas forças, para oferecer ao público a melhor experiência de navegação associada ao maior esforço de pesquisa literária, tarefa dividida com um número talvez insuficiente de pessoas, dada a missão monumental que se verificava. Tínhamos pretensões respeitáveis de expansão desse trabalho, mas a realidade foi se impondo cada vez mais. Embarcar novos colaboradores nesse projeto demandava o desenvolvimento de ferramentas adequadas que favorecessem tal participação abrangente. O tempo destinado a isso, porém, foi ficando cada vez mais curto, sendo enorme a nossa responsabilidade social de atender a todos os interessados que buscavam o conteúdo do site. Muitos contatos ficaram sem a merecida resposta, mestres do ensino de todo o país a quem rendemos as nossas profundas homenagens, estudantes etc, e pedimos sinceras desculpas por todas as circunstâncias alheias à nossa vontade. Lembrando que sempre consideramos esse um trabalho de amigos para amigos, nos imbuindo do propósito de dar acesso amplo, responsável e gratuito à cultura literária do nosso país. Hoje, é com pesar que comunicamos que os fatos da vida se impuseram acima dos nossos mais nobres ideais de continuidade nessa tarefa, parecendo-nos impróprio e temerário manter no ar uma página sem a devida e corriqueira manutenção. Não se trata, porém, de uma despedida sem esperanças. Cuidaremos, ainda, da reserva da URL por tempo indefinido. Como recordação saudosa desse trabalho tão apreciado por todos, os visitantes poderão se dirigir à nossa fanpage do Facebook, embora já nos desculpando antecipadamente pela impossibilidade de pronta resposta a novos contatos. E quem sabe em anos vindouros possamos revisitar esse projeto tão querido, com as mentes arejadas por soluções inovadoras, e amparados por uma nova sinergia de grupo. O momento, assim sendo, não é de um adeus lacônico, mas, quem sabe, de um "até breve" esperançoso. Nossa imensa gratidão pela sua companhia nessa longa e belíssima jornada, agradecendo também o carinho daqueles a quem A VOZ DA POESIA sempre falou ao coração!

[...] Meu ofício é cantando revelar
a palavra que serve aos companheiros;
mas se preciso for calar o canto
e em fainas diferentes me aplicar
unindo a outros meu braço prevenido,
mais serviço que houver será servido.

© GEIR CAMPOS
In Antologia Poética, 2003

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A NOSSA FANPAGE NO FACEBOOK