INÍCIO | POESIAS | POETAS | MÚSICOS | RÁDIO | VÍDEOS | LIVROS | RECENTES | CARTÕES | E-BOOKS | MURAL | FÓRUM | BLOGS | AGENDA | INSCRIÇÃO | CONTATO
 
 
VOLTAR
 
NOTÍCIAS SOBRE O POETA
 
 
:: POESIAS ::
 
13 DE MAIO
A AUGUSTA
A CARIDADE
A CH. F. FILHO DE UM PROSCRITO
A CÓLERA DO IMPÉRIO
A D. GABRIELA DA CUNHA
A ESTRELA DA TARDE
A F. X. NOVAIS
A FRANCISCO PINHEIRO GUIMARÃES
À ITÁLIA
À MADAME ARSÈNE CHARTON DEMEUR
À MEMÓRIA DO ATOR TASSO
A MISSÃO DO POETA
À MME. DE LA GRANGE
A MORTE NO CALVÁRIO
A PALMEIRA
A PARTIDA
A REDENÇÃO
A S. M. I.
A SAUDADE [1]
A SAUDADE [2]
A UM LEGISTA
A UM POETA
A UM PROSCRITO
A UMA MENINA
A***
ÁLVARES DE AZEVEDO
AMANHÃ
AO CARNAVAL DE 1860
AS ROSAS
AS VENTOINHAS
ASPIRAÇÃO
CÉSAR! FULGE MAIS LUZ
COGNAC!...
CONDÃO
CONSUMMATUM EST!
CORAÇÃO PERDIDO
DAQUI DESTE ÂMBITO ESTREITO
DEUS EM TI
DORMIR NO CAMPO
ELA
EM HOMENAGEM À D. ISABEL E AO CONDE D’EU
EPITÁFIO DO MÉXICO
ERRO
ESPERANÇA
ESTA NOITE
ESTÂNCIAS NUPCIAIS
FASCINAÇÃO
FLOR DA MOCIDADE
FLOR E FRUTO
GABRIELA DA CUNHA
HINO PATRIÓTICO
HORAS VIVAS
ÍCARO
ITE, MISSA EST
JÚLIA
LA MARCHESA DE MIRAMAR
LÁGRIMAS
LÁGRIMAS DE CERA
LIVROS E FLORES
LUDOVINA MOUTINHO [ELEGIA]
MANHÃ DE INVERNO
MENINA E MOÇA
MEU ANJO
MEUS VERSOS
MINHA MÃE
MINHA MUSA
MONTE ALVERNE
MUSA CONSOLATRIX
MUSA DOS OLHOS VERDES
NÃO HÁ PENSAMENTO RARO
NÃO?
NO ÁLBUM DA ARTISTA LUDOVINA MOUTINHO
NO ÁLBUM DO SR. F. G. BRAGA
NO ÁLBUM DO SR. QUINTELA
NO CASAMENTO DA PRINCESA ISABEL
NO ESPAÇO
NO LIMIAR
NOIVADO
NUNCA MAIS
O DILÚVIO
O GÊNIO ADORMECIDO
O GRITO DO IPIRANGA
O MEU VIVER
O PÃO D’AÇÚCAR
O PROFETA
O PROGRESSO
O SOFÁ
O VERME
OFÉLIA
ONTEM, HOJE, AMANHÃ
OS ARLEQUINS
OS DOIS HORIZONTES
PÁLIDA ELVIRA
PARÓDIA
PÁSSAROS
POLÔNIA
POR ORA SOU PEQUENINA
PRELÚDIO
QUANDO ELA FALA
QUINZE ANOS
REFLEXO
RESIGNAÇÃO
RICARDO
RUÍNAS
S. HELENA
SAUDADES
SINHÁ
SOMBRAS
SONHOS
STELLA
TEU CANTO
TRAVESSA
TRISTEZA
ÚLTIMA FOLHA
UM ANJO
UM NOME
UM SORRISO
UMA FLOR? — UMA LÁGRIMA
UN VIEUX PAYS
VAI-TE
VELHO TEMA
VEM!
VERSOS
VERSOS A CORINA [III]
VERSOS A CORINA [II]
VERSOS A CORINA [IV]
VERSOS A CORINA [I]
VERSOS A CORINA [VI]
VERSOS A CORINA [V]
VISÃO
VISIO
VIVA O DIA 11 DE JUNHO
VOULEZ-VOUS DU FRANÇAIS?
 
:: SONETOS ::
 
26 DE OUTUBRO
A CAROLINA
A DERRADEIRA INJÚRIA
A FRANCISCA
A GUIOMAR
À ILMA. SRA. D. P. J. A.
AO DR. XAVIER DA SILVEIRA
AS NÁUFRAGAS
CALA-TE, AMOR DE MÃE
DAI À OBRA DE MARTA UM POUCO DE MARIA
ENTRA CANTANDO, ENTRA CANTANDO, APOLO!
LUZ ENTRE SOMBRAS
NAQUELE ETERNO AZUL, ONDE COEMA
REFUS
RELÍQUIA ÍNTIMA
SONETO A S. M. O IMPERADOR, O SENHOR D. PEDRO II
SONETO CIRCULAR
SONETO [1]
SONETO [2]
SONETO [3]
 
:: HOMENAGENS ::
 
EMBIRRAÇÃO
 
:: OUTROS TEXTOS ::
 
POSFÁCIO DO LIVRO CRISÁLIDAS
PREFÁCIO DE CRISÁLIDAS
 
:: TRADUÇÕES ::
 
A ELVIRA
A JOVEM CATIVA
A MORTE DE OFÉLIA
ALPUJARRA
AS ONDINAS
CANTIGA DO ROSTO BRANCO
CEGONHAS E RODOVALHOS
CLEÓPATRA
ESTÂNCIAS A EMA
LIRA CHINESA - AS FLORES E OS PINHEIROS
LIRA CHINESA - A FOLHA DO SALGUEIRO
LIRA CHINESA - A UMA MULHER
LIRA CHINESA - CORAÇÃO TRISTE FALANDO AO SOL
LIRA CHINESA - O IMPERADOR
LIRA CHINESA - O LEQUE
LIRA CHINESA - O POETA A RIR
LIRA CHINESA - REFLEXOS
LÚCIA
MARIA DUPLESSIS
O CASAMENTO DO DIABO
O CORVO
O PRIMEIRO BEIJO
OS DEUSES DA GRÉCIA
PRÓLOGO DO INTERMEZZO
SOUVENIRS D’EXIL
LIVROS E FLORES

Teus olhos são meus livros.
Que livro há aí melhor,
Em que melhor se leia
A página do amor?

Flores me são teus lábios.
Onde há mais bela flor,
Em que melhor se beba
O bálsamo do amor?

© MACHADO DE ASSIS
In Falenas, 1870

Ortografia atualizada

Número de visualizações em 2017: 842
Número de curtidas: 136
 
Compartilhar via Facebook Compartilhar via Twitter Compartilhar via Google+

Comentários

Não há comentários postados até o momento. Seja o primeiro!

Postar um novo comentário

CADASTRAR-SE NO QUADRO DE AVISOS | POR ONDE A VOZ ECOA | ÁREA ADMINISTRATIVA DOS POETAS | ENVIAR AVISO (SOMENTE ADMINISTRADORES)
FacebookOrkutTwitterGPlusYoutubeMyspaceDhittPaltalkRSS
 
Copyright 2001 - 2013 - A Voz da Poesia Falando ao Coração - Design GamaBrasil