INÍCIO | POESIAS | POETAS | MÚSICOS | RÁDIO | VÍDEOS | LIVROS | RECENTES | CARTÕES | E-BOOKS | MURAL | FÓRUM | BLOGS | AGENDA | INSCRIÇÃO | CONTATO
 
 


► "Licença poética na lógica da interpretação: psicanarte", de autoria da profª. Silvia Helena Facó Amoedo

O site A VOZ DA POESIA sente-se honrado por ter sido brevemente citado na monografia intitulada "Licença poética na lógica da interpretação: psicanarte", de autoria da Psicanalista, Mestre em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará – UFC e Membro da  Escola de Psicanálise dos Fóruns do Campo Lacaniano –  Fórum Natal, profª. Silvia Helena Facó Amoedo. A leitura desse brilhante trabalho - disponível no site PEPSIC Periódicos Eletrônicos em Psicologia -, pela fluidez na exposição de ideias, cativa mesmo aqueles que não estão familiarizados com tal saber científico, lançando novas luzes sobre a linguagem interpretativa dos poetas. Aqui o Resumo que encabeça a referida publicação:

"O que é uma interpretação? A arte e suas manifestações são as entrelinhas do saber psicanalítico, o dizer que permite alcançar o real a que a interpretação do analista visa. A palavra é a matéria-prima tanto do poeta quanto do psicanalista, e quando utilizada com licença poética, lhes permite uma subversão da linguagem e uma consequente subversão do sentido da palavra em seu estado de dicionário. A palavra precede o sujeito: antes de nascer, ele é marcado pela palavra – palavra sedenta, vinda do Outro. Na impossibilidade de saciar a sede do Outro, o sujeito faz dela a fonte e a sede do objeto causa do desejo. É desse lugar que o sujeito escreve sua história e situa seu próprio desejo. O sujeito em análise é o escritor de sua própria história. Dessa forma, é o sujeito quem detém, com seus ditos, o texto a ser lido e interpretado pelo analista. O que pode o analista em relação ao texto do sujeito em análise?"

Referência bibliográfica:

AMOEDO, Silvia Helena Facó. Licença poética na lógica da interpretação: "psicanarte". Stylus (Rio J.) [online]. 2012, n.24 [citado  2012-12-28], pp. 49-56 . Disponível em: . ISSN 1676-157X.



Anterior Proximo

CADASTRAR-SE NO QUADRO DE AVISOS | POR ONDE A VOZ ECOA | ÁREA ADMINISTRATIVA DOS POETAS | ENVIAR AVISO (SOMENTE ADMINISTRADORES)
FacebookOrkutTwitterGPlusYoutubeMyspaceDhittPaltalkRSS
 
Copyright 2001 - 2013 - A Voz da Poesia Falando ao Coração - Design GamaBrasil